Cliente FocoQuem nunca passou por uma situação de insatisfação do cliente ou reclamação propriamente dita sobre algum serviço?  Nessas situações muitas pessoas não percebem a oportunidade de melhorar a prestação dos serviços e atender as expectativas esperadas.

O cliente dá sinais de que algo não está certo ou longe do esperado, como gestores de serviços não podemos deixar de dar atenção aos questionamentos e reclamações dos nossos clientes.

Quanto mais crítico seu cliente for, maior a sua oportunidade em alcançar a excelência. Quando você ouve o que seu cliente tem a dizer, tem a chance de conhecer o que ele espera do serviço.

O cliente crítico exige do prestador de serviço maior atenção e controle da qualidade. Ignorá-lo certamente será o primeiro passo para o fracasso, além dele deixá-lo, jamais indicará os seus serviços.

Precisamos ouvir e entender todos os posicionamentos e tomar as ações necessárias o mais rápido possível, a morosidade na resolução de algum problema passa a ideia de descaso e gera ainda mais insatisfação. É importante manter sempre o cliente informado das etapas que serão realizadas e o tempo médio de cada, dessa forma ele sentirá confiança e transparência em seus processos.

O seu cliente é seu bem mais precioso e vital para o sucesso do seu negócio, não basta apenas tratá-lo bem, é necessário conhecê-lo, atender suas necessidades e resolver prontamente suas insatisfações.

Manter a equipe treinada para receber esse tipo de feedback é indispensável. Quando um funcionário reage mal a este tipo de situação, coloca em risco a imagem da empresa. Portanto todos os funcionários devem ser exaustivamente treinados para saber como lidar com conflitos e transformar a reclamação em fidelização.

  E você já ouviu o que o seu cliente tem a dizer?

 

Deixe seu comentário, dúvida ou sugestão.

10 thoughts on “Como você trata seu cliente?

  1. all the time i ᥙsed to read smaller posts that also clear their motive, and that
    is also happening ᴡith this post which I am reading ɑt this place.

  2. O seu texto resume numa mensagem que gosto de falar com minha equipe:Não é o chefe que paga o salario.é o cliente (Henry Ford).
    Camila,obrigado pelas suas matérias elas ajudam muito a sermos um profissional diferenciado.
    Abç

  3. Prezada Camila,

    Primeiramente quero parabenizá- la por este excepcional artigo, pois você conseguiu de forma muito esclarecedora dar alusão as situações do dia a dia. E bem verdade que por vezes ignorados os sinais e até mesmo deixamos de fazer uma FOTOGRAFIA (analise SWOT, etc…) de nosso cliente, onde as relações tendem a fica fria.

    Este seu artigo certamente nos faz pensar e repensar em como temos tratado nossa fonte de vida corporativa, o cliente…

    Mais uma vez PARABÉNS.

  4. Parabéns pela iniciativa e tenho certeza que esta iniciativa irá contribuir muito para o seu crescimento profissional.
    Sugestão: Seria muito interessante e enriquecedor para o seu Blog se você conseguisses depoimentos de profissionais do ramo com cases de sucesso e fracaso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado.